Um currículo de destaque
FASHION FOR FUTURE
O que seu currículo deve ter para que você se destaque em um processo seletivo?
Recrutadores cada vez têm menos tempo para decidir se um currículo segue adiante ou não em um processo seletivo. Isso acontece porque quando uma vaga é aberta, a quantidade de currículos enviados é enorme. O desafio é então passar pelas automações - filtros que simplificam o trabalho de recrutamento - para depois se destacar e conseguir ter seu nome na lista de entrevistas agendadas.
Antes de mais nada, nunca envie um currículo para o qual seu perfil profissional e objetivos não se alinham com a vaga. Perda de tempo para todos que estão envolvidos.
O que seu currículo deve conter e qual a melhor forma de colocar as informações fundamentais
Somos cada vez mais visuais, por isso, a organização objetiva e simplificada será um ponto a seu favor. E tenha certeza, qualquer processo seletivo levará em conta os aspectos formais do currículo na hora da seleção.
Informações pessoais
Quando vamos contratar alguém, queremos saber as informações essenciais dessas pessoas e também como localizá-la facilmente. Como sintetizar tudo isso de forma clara e objetiva?
  • Nome
  • Idade
  • Cidade ou bairro onde reside (principalmente se não houver possibilidade de trabalho remoto)
  • Telefone celular
  • E-mail

Redes sociais e portfólios online
Ver como você se comporta nas redes pode ser importante para algumas vagas, principalmente quando sua imagem representará a empresa em alguma medida. Então, disponibilize dois ou três links profissionais, como acesso ao seu portfólio, Linkedin e Instagram aberto.
Objetivos
Descreva em três linhas quais seus objetivos profissionais e eles devem ser coerentes entre si. Nada de falar de mil possibilidades e, por isso, você deve fazer um currículo para cada vaga caso tenha disposição para se adaptar a vários desafios e oportunidades.
Formação profissional
Coloque a maior formação em primeiro lugar, por exemplo, uma pós-graduação ou graduação. Depois, coloque outra formação menor, mas não elenque tudo o que você estudou desde o ensino médio.

Não adianta esconder onde você estudou, por isso, é sempre melhor fazer as escolhas certas, de preferência em instituições que são admiradas. Coloque então:

Formação, instituição, ano de início - ano de fim.

Por exemplo:

Designer de Moda, UTGW, 2013-2017

Caso você ainda não tenha concluído seu curso mais alto, coloque no final assim: (conclusão prevista para dezembro/2023)
Formação complementar
Ítem importantíssimo porque mostra que você tem aprendizagem contínua e sempre se atualiza. Coloque no máximo 5, as mais recentes ou as mais relevantes. Se algum certificado for internacional, melhor ainda. Exemplos:

Formação complementar:

Modelagem tridimensional, Istituto Marangoni - Itália, junho/2022
Moodboard para a Moda, Fashion For Future - Itália, abril/2021
Experiência profissional
Da última para a primeira, apenas as que têm relação com a vaga ou mostram uma trajetória de crescimento. Não é necessário colocar toda a sua história profissional, você pode fazer algo assim:

Profissional com 20 anos de experiência no mercado de moda em segmentos de design e desenvolvimento de produtos. Funções mais relevantes:

2022-2020, Catwalk indústria de Moda
Função: Designer de calçados femininos
Durante este período fui responsável pela pesquisa de tendências e desenvolvimento de ideias para novos produtos. Nesta função realizei viagens de pesquisa ao exterior, seleção de matérias-primas, acompanhamento de modelagens e prototipagem e teste de uso das peças.

2020-2014, Passarela Internacional
Função: Assistente de Estilo - Acessórios
Meu trabalho consistia em dar suporte à equipe de estilo de bolsas e cintos, realizando as tarefas de organização de materiais de testes, realização de fichas técnicas, acompanhamento dos protótipos, execução de ilustrações em softwares gráficos.
Aptidões e habilidades
Além de colocar na forma de tópicos e, se for o caso, pequenos descritivos de habilidades específicas, você pode colocar algumas competências pessoais relevantes, como domínio de idiomas. Entrariam aqui domínio de softwares, ilustração, modelagem, redação etc.

Importantíssimo:

Não esqueça de mencionar aqui seu alinhamento com a sustentabilidade na moda, por meio de cursos e treinamentos realizados, ou também de conhecimento de normas técnicas e certificações.
Que tal turbinar seu currículo?
Não deixe de acrescentar ao seu currículo um diferencial a mais.
Pode ser a diferença entre ter e não ter uma nova oportunidade na moda!
Moodboard para a moda
Você precisará desse conhecimento se:
  • Precisa desenvolver a criatividade
  • Já trabalha em áreas que requisitam a criatividade: criação ou desenvolvimento de produtos, produção de conteúdo, edição de revistas, styling etc.
  • Cria ou desenvolve projetos de moda

Gostamos de saber suas dúvidas, receber sua avaliação e entender qual conteúdo ou curso você está querendo. Então, conte pra gente!
Made on
Tilda